O CORPO ÁURICO E SUAS DEFESAS

Trechos extraídos do livro:

Miasmas e Elementais – A Estrutura Eletromagnética do Pensamento

Livro Miasmas e Elementais

Livro Miasmas e Elementais disponível na Loja Virtual – clique

 

Outro aspecto interessante é sobre o Corpo Áurico. Quanto maior o grau de energia vital desse corpo, maior será a proteção contra encantamentos e invasão de energias negativas, pois seu campo magnético é composto de 7 camadas telúricas de diferentes padrões de energia e vitalidade.

Essas 7 camadas ficam ao redor do nosso corpo e se distribuem pelos corpos suprafísicos ou energéticos em camadas de 7 por corpo. Ou seja, o nosso corpo físico possui 7 camadas energéticas que estão diretamente atreladas a ele, através do corpo telúrico ou duplo-etérico.

No corpo astral temos mais 7 camadas de proteção. Assim como no corpo emocional, mental inferior e sucessivamente até os níveis suprafísicos. Dessa forma, temos diversas fontes de energia e interação com outras realidades energéticas, que estão além da energia vital conhecida.

Quando uma pessoa está enfraquecida devido a depressão ou mesmo por uma doença, acaba gradualmente tendo seu campo energético ou campo magnético diminuído, devido às sinapses químicas da reação de oxirredução da oxigenação. Com isso o campo de força vital decai. Essa condição acaba baixando o potencial do sistema imunológico e com isso, o campo áurico também cai progressivamente, permitindo que as energias negativas mais densas entrem no campo energético da pessoa e gradualmente, instalem a doença e outros distúrbios que em muitos casos têm sua origem nos elementais negativos impregnados.

Portanto, o equilíbrio e a sintonização emocional é um fator determinante para o grau de interferência das energias negativas que são captadas pelo indivíduo, pois entramos na questão da ressonância energética. Ou seja, quando uma pessoa entra em baixos padrões de energia, gradualmente acaba atraindo campos energéticos de obsessores que vampirizam seu ectoplasma, perdendo a proteção que naturalmente possui de suas camadas áuricas. Isso explica o tempo que normalmente decorre de um trabalho de magia até que ele tenha um efeito direto ou indireto na pessoa alvo do trabalho.

Quanto melhor for o estado anímico e energético dessa pessoa, mais difícil será a energia negativa afetá-la. Por isso o estudo sobre o magismo nos faz também aprender sobre a cura dos campos magnéticos do corpo humano e os meridianos de energia vital, para que possamos conhecer os pontos vitais e os melhores centros de energia a serem trabalhados em um trabalho de magismo.

As defesas do corpo áurico aumentam à medida que o equilíbrio mental e emocional da pessoa se sustenta entre a dualidade que ela mesma gera em seu consciente e consegue, gradualmente, libertar-se dos dogmas e medos, adquirindo a mestria sobre essa dualidade.

Verifica-se mais uma vez a questão da ressonância magnética da consciência humana dentro da busca do equilíbrio e do respectivo efeito no campo magnético do corpo e seu sistema imunológico. O estado de espírito é importante para que o indivíduo mantenha uma conduta e energia estável e pelo efeito de ressoância, seu metabolismo também mantenha a força necessária para evitar as contaminações de energia negativa, o que inclui uma vasta gama de fatores, desde a magia em si até a presença de obsessores.

Cada uma dessas camadas do campo áurico passa por diferentes etapas de crescimento e expansão e podem em diferentes épocas da vida ser contaminadas ou destruídas pelo efeito dos ataques externos, o que explica a ação de meditações para regenerar os campos energéticos e os corpos sutis, com os merkabas de energia.

Quando uma pessoa começa a buscar sobre a espiritualidade e sobre o magismo em geral, descobrindo que já foi mago e manipulou a energia da magia negra em alguma época de sua jornada na Terra, ou mesmo que tenha sido um mago branco, existem sequelas dos confrontos e dos processos vivenciados que acabam se manifestando. Neste caso, é comum que a pessoa passe por um efeito de catarse e de sonhos, onde situações boas ou ruins surjam nos sonhos e na mente, fazendo a ligação na linha espaço-tempo para que o quadro obsessor e energias envolvidas encontrem a pessoa na atual realidade e um confronto de energia se manifeste no seu campo áurico.

As técnicas com os merkabas e mantras são importantes para regenerar e cuidar da proteção dos corpos sutis e das camadas de cada corpo áurico, o que mais uma vez coloca o pesquisador na linha de frente com um conhecimento que foi escondido. Isto exige muito cuidado e bom senso para que se possa superar as dificuldades e transmutar as pendências do passado que muitas vezes são complicadas, pois envolvem sequelas cármicas de muitas pessoas.

O tratamento do nosso campo áurico é fundamental através de meditações e harmonização dos nossos padrões de energia mental e do reto viver e reto pensar, para que possamos gradualmente, regenerar cada camada vibracional dos corpos áuricos e com isso, libertar-nos do passado que muitas vezes nos persegue.

A proteção do corpo e da nossa saúde depende da nossa dedicação. O nosso corpo é um templo que devemos velar e proteger para que possamos terminar a nossa missão aqui na Terra. Cada um de nós obteve a permissão para encarnar, para terminar o seu ciclo e concluir seu experimento na dualidade do universo terrestre e o universo que a alma manifesta nas diversas realidades da Terra e dentro de suas próprias expressões da dualidade encarnacional. O conhecimento existe, basta saber onde procurar e como chegar ao topo desse conhecimento, sem contaminar-se com as forças corruptivas que normalmente se encontram nesses segmentos, onde o poder é uma questão de tempo a ser inserido na trajetória de cada pesquisador do ocultismo.

Podemos estudar o magismo sob muitos prismas e sempre chegaremos à questão da energia envolvida e como manipular essa energia, pois o universo é composto de um efeito quântico de magia cósmica, que está presente em cada segundo da própria Criação. Logo, a magia existe dentro de nós como parte da nossa alma. Basta equilibrar essa energia e buscar a harmonia em todas as coisas do universo e descobriremos a força dessa magia chamada amor cósmico, que é a fonte universal da existência.

Este texto pode ser compartilhado desde que não seja alterado e cite o autor e a fonte: Rodrigo Romo – http://www.rodrigoromo.com.br

⇒ Estão disponíveis diversas meditações gravadas por Rodrigo Romo, para autotratamento e harmonização de seus corpos sutis: ÁUDIO

Você pode também se interessar por dois vídeos para seus estudos, disponíveis para venda ou aluguel na ROMOMÍDIA:

Formas Pensamento 

Quebra de Contratos